quinta-feira, 12 de julho de 2012

MEUS PAPOS COM RAUL SEIXAS - 2




Finalmente Raul Seixas entra no palco. A "loucura-lúcida" foi geral! Uns gritam: "Raul, Raul, Raul"... Outros berram: "Viva a Sociedade Alternativa"! O clima é para raulseixista nenhum botar defeito. Raul acena para o pequeno público (a divulgação dos produtores do show foi sofrível, sinto vergonha de tão pouca gente). Desse modo, tudo é primeira fila (quem quer, fica junto ao palco). Raulzito começa seu repertório. Sacudo uma camisa com uma estampa dele - ele se abaixa e confere a gravura, como que vendo se parece com ele). Aplausos gerais. O Maluco Beleza está em forma - tocando guitarra e tudo. Raul fala para o público: "Vocês são poucos, mas são daqui", levando a mão ao peito. O som contagia a moçada, que responde: "Raul, Raul, Raul"... Um cabeludo chamado Jonas sobe ao palco e dá um abraço tão grande em Raul que o levanta - um segurança tenta impedir, mas o autor de Ouro de Tolo não deixa e ainda canta com o fã. A galera vai à loucura.

Mando mais outra camiseta. Raul Seixas diz algumas frases de protesto - começa a "soltar o verbo". Peço "Gitá", que não sai - depois saco que ele nunca a canta em shows. A plateia vibra com o hit "Maluco Beleza". Os discursos de Raul aumentam. Na música "As Aventuras"... ele faz um trocadilho com "macacos" e "policiais", fardados, que estavam presentes. De repente, o concerto acaba. Faltam umas 8 músicas ainda. Corro para o estacionamento do ginásio (Raul foi fazer um show em Caruaru, Pernambuco, ainda naquela noite) e já o vejo no carro. Apertamos as mãos de novo, se despedindo. Pego autógrafos para umas duas ou três pessoas. Seixas agradece: "Obrigado!", "Beleza!". Falo que a apresentação foi massa - que foi uma pena a polícia ter acabado logo, que apareça mais vezes em Recife. Ele diz que sim e continua agradecendo. Umas 15 pessoas estão ao redor do carro - mas mantenho ainda um rápido diálogo. Os dois carros não cabem mais ninguém. Fico triste e alegre ao mesmo tempo - porém houve show, "Raul ao Vivo", coisa inédita na" terra do frevo". Está "tudo beleza!" - como Raul disse agorinha.

*Continua na próxima semana.




Nenhum comentário:

Postar um comentário